Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Ibovespa encerra com perda de 0,41%; Dólar sobe 0,33%

O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, registrou nesta sexta-feira queda de 0,41%, a 36 mil 558 pontos. O volume negociado totalizou R$ 1,36 bilhão. O dólar comercial terminou o dia em alta de 0,33%, cotado a R$ 2,159. A moeda americana oscilou entre a mínima de R$ 2,151 e a máxima de R$ 2,163.A Bovespa operou de lado durante o dia, com viés negativo, nesse semiferiado no Brasil. Na abertura do pregão, o mercado se ajustou à queda das bolsas norte-americanas ontem e à Ata do Copom divulgada logo cedo. Na mínima do dia, o Ibovespa recuou 0,50%, para 36.527 pontos. Mas o sinal positivo das bolsas norte-americanas contribuiu para que a Bovespa desacelerasse um pouco a baixa e no início da tarde e, às 13h40, a perda era de 0,18%. O volume financeiro somava R$ 627 milhões, projetando para o final do dia R$ 1,3 bilhão.Com a agenda nos EUA fraca, o que poderia mexer nesta sexta com o mercado aqui seria a Ata do Copom, mas o documento do Banco Central, referente à reunião de julho que cortou a taxa básica de juro em 0,50 pp, não trouxe novidades. A Ata deixou a porta aberta tanto para um corte menor, de 0,25 pp, como também para um outro corte de 0,50 pp na próxima reunião do Copom, dia 18 de outubro, dependendo do comportamento do cenário macroeconômico.DólarNa Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM%F), o dólar à vista também encerrou a sexta-feira em alta de 0,33%, a R$ 2,1580. A moeda abriu a R$ 2,1510, estável em relação ao fechamento de quarta-feira, véspera de feriado. Ao longo do dia, as cotações oscilaram entre a mínima de R$ 2,1510 e a máxima de R$ 2,162. Esta sexta-feira, espremida entre o feriado do Dia da Independência, e o final de semana, teve volume muito estreito. Os investidores se descolaram de Nova York, onde as bolsas subiram durante o dia e os juros dos títulos do Tesouro dos EUA (Treasuries) operavam em queda.Segundo operadores, a trajetória de queda da moeda se mantém, mas os investidores têm procurado se proteger nos finais de semana, comprando moeda e puxando as cotações para cima. A Ata do Copom, divulgada pela manhã, foi considerada neutra pelo mercado e não teve impacto sobre o câmbio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.