IBS: mercado interno de aço cresce e exportação cai

Os dados do Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS) referentes à produção de aço em abril indicam estabilidade no patamar de atividades do setor nos últimos nove meses, após o crescimento acelerado observado no ano passado. Os dados mostram também que o mercado interno continua forte, mas as exportações perderam fôlego, embora, em termos de valores, os dados de abril tenham vindo acima do registrado em abril do ano passado, devido ao aumento de preços na siderurgia.Segundo o IBS, a produção de abril somou 2,9 milhões de toneladas, ligeiramente abaixo dos 2,96 milhões registrados em março e abaixo dos 3,010 milhões de toneladas observadas em dezembro, recorde no País. O patamar atual de produção foi alcançado em agosto do ano passado, quando o total mensal atingiu 2,94 milhões e desde então vem oscilando em torno desse volume. Os dados de abril, de qualquer forma, ficaram 7,1% acima do observado em abril do ano passado.As vendas de aço no mercado interno somaram 1,93 milhão de toneladas em abril, com aumento de 20,2% sobre o registrado em abril de 2007. No acumulado do ano, o total vendido no mercado interno atingiu 7,508 milhões de toneladas, com aumento de 21,9% sobre o período de janeiro a abril do ano passado.As exportações de aço registraram queda de 722,2 mil toneladas em abril, com queda de 15,1% em relação ao registrado em abril do ano passado. No acumulado em quatro meses, as exportações totalizam 3,081 milhões de toneladas, com queda de 11,3% sobre o período de janeiro a abril de 2007.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.