IBX 50 pode ser boa referência para investir

Os testes de simulação da Bovespa mostram que o IBX 50 tem melhor desempenho que o Ibovespa nos últimos anos, além de mostrar uma volatilidade menor. Nogueira montou uma carteira retroativa do novo índice e concluiu que, de janeiro de 1998 a agosto de 2002, a carteira teria rendido 36,2% - bem mais do que o Ibovespa, que nesse período subiu apenas 1,8%.No entanto, o desempenho seria inferior ao do IBX 100 (+43,2%), índice formado pelas 100 ações mais negociadas do mercado. "O Ibovespa é muito carregado em telecomunicações, que caíram muito recentemente." A volatilidade do IBX 50 seria de 29% nos últimos quatro anos, contra 33% do Ibovespa (variação entre as cotações máximas e mínimas).IBX 50 poderá ser referencial para fundosNogueira acredita que o IBX 50 será usado por gestores de fundos como referencial para a indústria. "Ninguém gosta de concentração nem de volatilidade", disse. A Bolsa paulista já tem hoje o IBX 100, mas os fundos têm dificuldades para acompanhá-lo devido ao elevado número de papéis na carteira.Segundo Nogueira, a Bovespa já discutiu a metodologia com gestores de recursos. Uma carteira ideal, contou, giraria em torno de 30 a 50 papéis. O Dow Jones, por exemplo, tem 30 ações. O índice de Madri tem 35 e o indicador da França e de Frankfurt têm 50.O superintendente afirmou que um índice brasileiro não poderia ter menos de 50 papéis. "Temos uma grande quantidade de teles no mercado", disse. "Se restringíssemos o indicador a 30 ações, elas seriam preenchidas pelos setores de telecomunicações, energia e de bancos. Setorialmente, não ficaria diversificado." Ibovespa continuará sendo o mais conhecidoNogueira avalia que o IBX 50 pode chegar a ter mais importância para a indústria de fundos do que o Ibovespa. No entanto, o tradicional indicador, lançado em 1968, deve continuar sendo o mais famoso e observado pelo mercado em geral.Ele fez uma comparação com o mercado americano. "Nos Estados Unidos, o S&P é mais técnico, mas o Dow Jones tem 100 anos e é mais conhecido", afirmou. "O Ibovespa tem história, as pessoas já se acostumaram." A metodologia do IBX 50 estará em discussão no site bovespa.com.br até 30 de setembro. Os interessados podem contribuir com críticas e sugestões.Veja, no link abaixo, matéria sobre o funcionamento do IBX 50 e sobre quando será o seu lançamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.