Idec: produtos light podem enganar

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) informou que alguns fabricantes de chocolate em pó light anunciam em suas embalagens uma redução de calorias maior do que o comprovado. Dois associados do órgão compraram o Nescau Light, da Nestlé, atraídos pela propaganda de que o produto teria 44% menos de calorias. Porém, ao lerem o rótulo, viram que a comparação era feita entre 16 gramas do produto light com leite desnatado e 25 gramas do produto normal com leite integral. Um copo de 200 ml de leite integral possui cerca de 127 calorias, enquanto a mesma quantidade de leite desnatado possui 66. Comparando-se o achocolatado normal com o Nescau Light, ambos com leite integral, a redução é de apenas 16%. Esta advertência está na embalagem, mas com letras pequenas e sem destaque. Alertado pelos associados, o Idec encontrou exageros nas indicações de redução calórica de outros achocolatados. O Linea Diet, da Slim, afirma ter 58% menos calorias. Porém, se a comparação usasse o mesmo tipo de leite, a redução seria de apenas 28%. No Stevita Light, os 50% de redução destacados na embalagem não são explicados. A comparação é feita com achocolatado normal e leite desnatado, o que provocaria uma redução de 44%. Se as duas comparações fossem feitas com leite integral, a redução seria de apenas 34%. Como o fabricante está induzindo o consumidor a erro, o comprador tem direito a pedir a substituição do produto ou a devolução da quantia paga. Diabéticos devem ter cuidado Apesar de conter adoçantes, o Nescau Light também contém açúcar. Portanto, os diabéticos devem ter cuidado na escolha do produto.

Agencia Estado,

26 Dezembro 2001 | 16h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.