Idec: rotulagem de transgênico deve ser alterada

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) lança hoje uma campanha contra o decreto de rotulagem de alimentos transgênicos, que completa um ano. O Instituto encaminhará carta ao Presidente Fernando Henrique Cardoso solicitando a revogação da norma de rotulagem, por entender que o decreto contraria o Código de Defesa do Consumidor (CDC).Além da carta, o Idec lança campanha de envio de e-mails de protesto ao Presidente da República. Caso o consumidor queira participar, basta acessar o site do Instituto (veja no link abaixo). No site, encontrará uma mensagem padrão, críticas ao decreto e um histórico sobre a liberação dos transgênicos no Brasil.DecretoO decreto entrou em vigor em 31 de dezembro de 2001 e estabelece regras para a rotulagem de substâncias transgênicas acima de 4%. Para o Idec, esse porcentual é elevado e não se baseia em nenhum parecer técnico. Ainda segundo o Instituto, independente da quantidade, não há estudos conclusivos sobre os riscos à saúde e o impacto ambiental causados pelos organismos geneticamente modificados.

Agencia Estado,

18 de julho de 2002 | 07h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.