IGP-10 de julho recua e fica em 1,31%, dentro das expectativas

A inflação medida pelo Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) ficou em 1,31% em julho, segundo informou hoje a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em junho, o indicador atingiu alta de 1,50%. O resultado de julho ficou próximo do teto das expectativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pela Agência Estado, que apontava para um resultado entre 1,10% e 1,35%.Nos indicadores que compõem o IGP-10 de julho, o Índice de Preços por Atacado 10 (IPA-10) ficou em 1,54% ante elevação de 1,77% em junho. No atacado, os produtos agrícolas subiram 0,16% em julho e os produtos industriais tiveram elevação de 2,06% no mesmo mês.Por sua vez, no varejo, o Índice de Preços ao Consumidor 10 (IPC-10) ficou em 0,77%, em relação ao aumento de 0,72% apurado em junho. Já o Índice Nacional do Custo da Construção - 10 (INCC-10) teve alta de 1,10% em julho, em comparação com os 1,69% observados em junho.No ano, a inflação medida pelo IGP-10 tem alta de 8,11%; nos últimos 12 meses, o indicador acumula elevação de 11,24%. O IGP-10 de julho foi calculado com base nos preços coletados entre os dias 11 de junho a 10 de julho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.