finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

IGP-10 interrompe 3 meses de queda e avança 0,31% em setembro

O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) avançou 0,31 por cento em setembro, após deflação de 0,55 por cento no mês anterior, impulsionado pela retomada do avanço dos preços no atacado e pela aceleração da alta no varejo.

REUTERS

17 de setembro de 2014 | 08h39

O resultado de agora interrompeu três meses seguidos de deflação do índice, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, subiu 0,35 por cento neste mês, após queda de 0,91 por cento em agosto.

Segundo a FGV, um dos destaques ficou para os preços do subgrupo alimentos processados, cuja taxa subiu 2,05 por cento neste mês, após ter recuado 0,46% no anterior.

O Índice de Preços ao Consumidor-10 (IPC-10), que responde por 30 por cento do índice geral, avançou 0,26 por cento em setembro, contra variação positiva de 0,01 por cento no mês anterior.

Já o Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10) desacelerou a alta a 0,15 por cento, após 0,45 por cento em agosto.

Outros índices gerais de preços da FGV --como o IGP-DI e o IGP-M-- já haviam indicado recentemente que o período de deflação dos preços no atacado havia se esgotado.

O IGP-10 calcula os preços entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROIGPDEZ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.