Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

IGP-10 sobe depois de dois meses de queda

Uma reviravolta nos preços do atacado decretou em maio o fim da deflação no Índice Geral de Preços-10 (IGP-10). Depois dos resultados negativos nos dois meses anteriores, a taxa de abril subiu 0,17%. Para o coordenador de Análises Econômicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV), Salomão Quadros, a inversão ainda não indica descontrole inflacionário. Pelo contrário: ele não descarta a possibilidade de os Índices Gerais de Preços (IGPs) encerrarem 2009 com taxa inferior a 3%. Até maio, o IGP-10 acumula alta de 4,33% em 12 meses, o menor nível em 22 meses.

, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.