IGP-DI de agosto é de 1,82%

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) de agosto ficou em 1,82%, menor que o de julho em 0,44 ponto porcentual. No atacado, os preços aumentaram em agosto, em média, 0,23 ponto porcentual menos que em julho. No varejo, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) caiu de 1,91% em julho para 0,86% em agosto, uma diferença de 1,05 ponto porcentual. Na construção civil, os preços aumentaram 0,09 ponto porcentual mais que em julho. Os preços de bens de consumo no atacado subiram de 2,95% para 3,05% e os bens de produção caíram de 2,70% para 2,30%. Os produtos agrícolas no atacado tiveram aceleração do ritmo de preços de 3,51% em julho para 4,55% em agosto.Já os produtos industriais no atacado tiveram redução nesse ritmo, de 2,48% para 1,70%, respectivamente. No varejo, os grupos que pressionaram a inflação foram transportes, com 2,68%, e alimentação, com 1,75%. Os demais grupos ficaram abaixo da média do IPC: o grupo de vestuário teve deflação de 1,68%; o grupo de saúde e cuidados pessoais teve alta de 0,49%; o de educação, leitura e recreação aumentou 0,41%; e as despesas diversas responderam com alta de 0,12%. Na construção civil, o que pesou para o aumento do Índice Nacional do Custo da Construção (INCC) foi a parte de materiais e serviços, cuja variação passou de 0,55% em julho para 0,58% em agosto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.