coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

IGP-DI de maio é de 1,11%

O IGP-DI de maio fechou em 1,11%, o maior desde outubro do ano passado e 0,41 ponto porcentual acima do registrado em abril. O principal motivo do avanço foi o comportamento dos preços no atacado, medido pelo IPA, que passou de 0,75% em abril para 1,27% no mês passado.As principais pressões no atacado foram de produtos agrícolas, como soja (aumento de 11,50%), trigo (de 6,9%) e milho (6,21%), por causa da mudança do clima, com a chegada do inverno, assim como do avanço da cotação do dólar.A variação dos produtos industriais no atacado apresentou leve aumento, passando de 1,30% para 1,42%. Além disso, o Índice Nacional da Construção Civil (INCC) avançou de 0,33% para 2,53% no mesmo período, em função dos reajustes nos preços da mão-de-obra. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou queda, indo de 0,71% em abril para 0,28% em maio.

Agencia Estado,

11 de junho de 2002 | 17h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.