IGP-M aponta deflação de 0,09% na 1ª prévia março

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) teve uma deflação de 0,09%, nos primeiros dez dias do mês de março, ante 0,03% no mesmo período de apuração no mês de fevereiro. A informação foi dada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). O primeiro decêndio do IGP-M de março compreendeu o intervalo entre os dias 21 e 28 do mês de fevereiro. No acumulado do ano, o IGP-M está em 0,84% e, num período de 12 meses, acumula alta de 0,51%. O indicador ficou bem abaixo do teto das estimativas feitas pelo mercado financeiro. Analistas consultados pela Agência Estado indicavam algo entre 0,02% a 0,07%, com média de 0,04%.Entre os indicadores que compõem o IGP-M, nesta primeira prévia, o Índice de Preços por Atacado (IPA) variou -0,16%, ante -0,06%, em igual período de fevereiro. O IPA agrícola ficou em -1,13% ante -1,28% na primeira prévia de fevereiro e o IPA industrial em 0,28% ante 0,20% em igual período no mês anterior.Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou desaceleração de 0,12 ponto percentual no primeiro decêndio de março, tendo sua taxa passado de 0,13% para 0,01%. Por fim, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) desacelerou-se 0,24 p.p., registrando no primeiro decêndio de março taxa de 0,11%, ante 0,35%, no primeiro decêndio de fevereiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.