IGP-M de fevereiro fica em 0,06%

O IGP-M fechado do mês de fevereiro ficou em 0,06%, segundo informou hoje Fundação Getúlio Vargas. Os índices que compõem o IGP-M apresentaram a seguinte variação no mês: IPA (-0,09%); IPC (+0,29%); INCC (+0,31%). Em janeiro deste ano, o IGP-M registrou inflação de 0,36%. A gasolina foi o item que mais contribuiu para a redução tanto do IPA, que subiu 0,14% em janeiro e passou para -0,09% em fevereiro, quanto do IPC, que tinha sido de 0,82% em janeiro e ficou em 0,29% em fevereiro. No atacado, a gasolina caiu 11,05%. No varejo, caiu 7,99%. O grupo transportes, no IPC, que já estava em deflação de 1,21% em janeiro, teve variação de -2,05%. Outro grupo que teve deflação no IPC foi o de vestuário, com -0,50% contra 0,62% em janeiro. O grupo de recreação, leitura e educação teve uma desaceleração da variação dos preços de 2,43% em janeiro para 1,09% no mês corrente.O grupo alimentação passou de 1,45% em janeiro para 0,57% em fevereiro. O único grupo que aumentou de janeiro para fevereiro foi o de saúde e cuidados pessoais, cuja variação subiu de 0,37% no mês passado para 0,70% este mês.No atacado, os produtos agrícolas tiveram uma queda de preço média de 0,50%. E os produtos industriais aumentaram, em média, 0,07%. Ainda no IPC, o grupo de habitação caiu de 0,94% em janeiro para 0,77% em fevereiro. E o de Despesas Diversas não variou, ficando em 0,57% em ambos os meses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.