IGP-M de janeiro fica em 0,39% ante 0,74% em dezembro

O Índice Geral de Preços Médio (IGP-M) de janeiro teve variação de 0,39%, quase a metade da variação registrada em dezembro, de 0,74%, segundo divulgou a Fundação Getúlio Vargas. O indicador foi calculado com base nos preços coletados entre 21 de dezembro e 20 de janeiro. Entre os índices que compõem o IGP-M, o de preços por atacado (IPA) ficou em 0,20% ante 0,81% em dezembro; bens finais teve variação de 0,48% ante 0,78% em dezembro; intermediários ficou em 0,39% ante 0,63 no mês anterior; matérias-primas brutas registraram deflação de 0,51% ante alta de 1,19%. O IPA agrícola também registrou deflação de 0,25% ante 1,24% em dezembro, enquanto o IPA industrial desacelerou de 0,66% para 0,35%. No varejo, o IPC teve aceleração de 0,58% em dezembro para 0,80%, assim como o INCC, que passou de 0,61% para 0,70%.Retração dos preços por atacadoA queda no IGP-M de janeiro sobre dezembro se deve principalmente à forte retração dos preços por atacado, principalmente no índice de matérias-primas brutas, que caiu 1,70 pontos porcentuais, de 1,19% para -0,51%. Segundo a FGV a desaceleração neste item reflete uma queda de preço nos alimentos. Dos 14 itens que compõem este subgrupo, 10 apresentaram retração e oito, destes dez tiveram deflação.Mereceu destaque da equipe econômica da FGV a queda no preço de aves (-5,27% ante 3,79% em dezembro), bovinos (-3,24% ante 3,09%) e suínos (-3,24% ante 6,44%). GasolinaAinda com referência aos preços de atacado, a FGV destaca que a desaceleração verificada nos bens intermediários (de 0,63% para 0,39%) se deveu principalmente à redução do impacto do aumento da gasolina anunciado em 26 de novembro, sobre o índice geral dos preços. O preço da gasolina apurado nesta pesquisa divulgada hoje baixou de 1,07% para -0,70%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.