IGP-M quadruplica alta e é mais um índice a surpreender mercado

A inflação pelo Índice Geral dePreços do Mercado (IGP-M) acelerou fortemente na primeiraleitura de maio, refletindo uma significativa elevação noscustos no atacado. A alta foi de 1,36 por cento na primeira prévia deste mês,contra elevação de 0,33 por cento em igual período de abril,informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV), nesta sexta-feira. Economistas consultados pela Reuters estimavam um dado de0,61 por cento, de acordo com a mediana das previsões quevariaram de 0,60 a 0,80 por cento. Apenas alguns analistasfizeram revisões de última hora depois de outros dados deinflação surpreenderem para cima na semana, o que pode tercomprometido as expectativas. Nesta semana, o IGP-DI de abril já havia surpreendidonegativamente os analistas, pressionando fortemente o mercadode juros futuros. Entre os componentes do IGP-M, o Índice de Preços porAtacado (IPA) teve alta de 1,82 por cento, ante avanço de 0,26por cento na primeira leitura do mês anterior. Os produtos agropecuários saltaram 1,27 por cento, seguindoa queda de 1,52 por cento na abertura do mês passado. Osindustriais avançaram fortes 2,04 por cento, acima da elevaçãode 0,96 por cento anterior. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,27 porcento, depois de avançar 0,40 por cento no dado anterior. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou0,79 por cento, após a variação positiva de 0,59 por cento naabertura de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.