seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Iguatemi planeja oferta primária que pode superar R$500 mi

A administradora de shopping centers Iguatemi informou nesta terça-feira que solicitou requerimento para realizar uma oferta pública primária com potencial para levantar mais de 500 milhões de reais.

Reuters

23 de abril de 2013 | 10h49

A oferta prevê inicialmente a emissão de 16 milhões de ações ordinárias, podendo ser acrescida em 2,4 milhões e 3,2 milhões de papéis (lotes suplementar e adicional, respectivamente).

Considerando a distribuição integral dos lotes e o preço de fechamento da ação da Iguatemi na sexta-feira, de 24,39 reais, a operação poderia resultar em 526,8 milhões de reais.

A oferta, que terá esforços de colocação no exterior, está sendo coordenada pelos bancos Itaú BBA (líder), Credit Suisse, BTG Pactual e Bradesco BBI.

A Iguatemi não divulgou o cronograma da operação.

A empresa informou no final da segunda-feira que encerrou o primeiro trimestre com alta de 47 por cento no lucro líquido ante o mesmo período de 2012, somando 47,34 milhões de reais.

No final da semana passada, a companhia também anunciou a entrada no segmento de outlets após firmar acordo para adquirir 41 por cento da área onde está sendo construído o Shopping Platinum Outlet, em Novo Hamburgo (RS), por 46,2 milhões de reais.

As ações da Iguatemi se desvalorizavam em 1,15 por cento às 10h44 na Bovespa, cotadas a 24,11. O papel não integra o Ibovespa, que caía 0,03 por cento.

(Por Vivian Pereira)

Tudo o que sabemos sobre:
CONSTRUCAOIGUATEMIOFERTA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.