Iguatemi prevê crescimento de 5%

A Iguatemi Empresa de Shopping Centers (Iesc) prevê crescer de 4% a 5%, em 2008, já descontando a inflação e sem levar em conta eventuais compras de empresas. Segundo o diretor financeiro Pedro Jereissati, a estimativa baseia-se na perspectiva de expansão do varejo, que tem impacto no aluguel pago aos shoppings. No ano passado, a Iguatemi registrou receita bruta de R$ 153,5 milhões, contra R$ 120,8 milhões em 2006. A Iguatemi poderá anunciar dois ou três novos projetos este ano, segundo o presidente da companhia, Carlos Jereissati Filho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.