Imec de novembro fecha em alta

O 13.º salário já começou a ter impacto no ritmo de atividade neste fim de ano. O Indicador de Movimentação Econômica (Imec/Fipe-Estadão) encerrou novembro com crescimento de 0,54%, ante alta de 0,37% em outubro. O resultado foi impulsionado especialmente pelo volume de consultas para vendas à vista e a prazo, que subiu 3,96% no período. Segundo a técnica do Imec e pesquisadora da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Zeina Latif, esse desempenho favorável é prenúncio de um bom Natal. Na sua avaliação, os consumidores evitaram grandes gastos nos últimos meses e agora estão voltando às compras.Zeina destaca que o ritmo de crescimento da atividade em novembro deste ano está aquém do registrado em igual período de 1999. Na avaliação da economista, o fato de neste ano, o ritmo estar mais lento é positivo. "Quando a atividade cresce rapidamente, há riscos de que ela não se sustente e podem ocorrer gargalos nas importações e na produção."

Agencia Estado,

12 de dezembro de 2000 | 11h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.