finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Imóvel na praia com lance mínimo de R$ 26 mil

Apartamentos e casas localizadas no litoral de São Paulo estão entre as principais ofertas do leilão que será realizado no dia 30 de junho, no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo. São cerca de 120 imóveis pertencentes aos bancos Bradesco e BCN, com opções também na Capital, grande São Paulo e no interior do Estado. De acordo com o leiloeiro responsável pelas vendas, Luiz Fernando Sodré Santoro, o lance inicial da maior parte dos itens está com valores até 50% abaixo dos verificados no mercado. Ele destaca três apartamentos localizados no Guarujá. Na Enseada, há duas opções com preços fixados em R$ 26 mil e R$ 27 mil. As áreas úteis são de 51 e 54 metros quadrados, respectivamente.Nas Pitangueiras, o apartamento de três dormitórios, sendo uma suíte, e 171 metros quadrados de área útil será leiloado por R$ 120 mil. É possível comprar casas ainda em construção, com a vantagem de pagar preços mais baixos. Em Itanhaém, uma casa com 200 metros quadrados de área construída irá a leilão por R$ 25 mil. De acordo com Santoro, 72% da obra já está concluída.Na Capital, as ofertas dividem-se em imóveis residenciais, comerciais e terrenos. No Tatuapé, o destaque é um duplex com dois dormitórios, terraço e piscina privativa, por R$ 51 mil. O leiloeiro também chama atenção para um sobrado situado no bairro Cangaíba, na zona leste, com quatro dormitórios, sendo duas suítes, piscina, salão de festas e 455 metros quadrados de área construída. O lance inicial será de R$ 154 mil.Entre as opções de imóveis comerciais há um prédio de dois pavimentos localizado no Bom Retiro, por R$ 222 mil. A área construída é de 746 metros quadrados. "Quem levar pode montar uma loja ou ainda alugar para outro comerciante", sugere Santoro.Ele explica que o pagamento pode ser realizado à vista, com 10% de desconto, ou em 12 vezes sem juros. Outra opção é utilizar o financiamento imobiliário do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), que permite o parcelamento em até 180 meses.Sodré Santoro: (0--11) 6464-6441

Agencia Estado,

21 de junho de 2001 | 12h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.