‘Impacto da concordata da American Airlines sobre LAN é incerto’

Companhia norte-americana é uma das maiores concorrentes da chilena na América do Norte

Regina Cardeal, da Agência Estado,

29 de novembro de 2011 | 15h15

NOVA YORK - Ainda não está claro qual será o impacto da concordata da American Airlines sobre a LAN Airlines, do Chile, segundo o analista Pablo Alvarez, do chileno Banco Penta. De um lado, a American Airlines, juntamente com a Delta, é a maior concorrente da LAN na América do Norte. De outro, os passageiros da LAN se beneficiam da aliança Oneworld, da qual a American é parte e, se espera, continuará sendo "um membro integral". É preciso ver como o caso se desenvolverá, afirma Alvarez.

Recentemente, o presidente da LAN, Ignacio Cueto, disse que a decisão sobre a qual das alianças a nova empresa que surgiu da fusão entre a LAN e a TAM pertencerá deve ser tomada até março.

A companhia resultante da fusão, que se chamará Latam, recebeu dois anos de prazo de tribunais chilenos para decidir sobre uma aliança, quando a corte chilena avaliou a proposta de fusão, mas como a companhia planeja começar a operar como uma unidade única até março, a Latam deve tomar essa decisão até lá, disse o executivo.

A LAN pertence à Oneworld, ao lado de American Airlines, British Airways e Iberia, enquanto a TAM integra a Star Alliance, onde estão a gigante alemã Lufthansa e a portuguesa TAP. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.