Importação de algodão pela China em outubro cai a menor nível em 5 anos

A China importou 81.900 toneladas de algodão em outubro, queda de 42 por cento ante o mesmo mês do ano passado e o menor volume desde janeiro de 2009, mostraram dados.

REUTERS

18 de novembro de 2014 | 09h14

Também foi a primeira vez que as importações da fibra caem abaixo de 100 mil toneladas desde outubro de 2010.

As importações de outubro caíram depois que a colheita em importantes países exportadores como Índia e Estados Unidos atrasou, enquanto importadores também receberam cotas menores este ano para adquirir algodão com tarifas reduzidas, segundo uma fonte do mercado.

A China emitiu cotas de importação de 2,3 milhões de toneladas com tarifa de importação reduzida em 2014, ante 4,2 milhões no ano anterior, segundo estimativas do mercado.

A China é o maior consumidor mundial de algodão e elevou a demanda global e os preços nos últimos anos. No entanto, a demanda foi afetada por uma mudança na política governamental de apoio aos agricultores, que havia inflado artificialmente os preços domésticos, tornando as importações mais atrativas.

(Por Dominique Patton)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSALGODAOCHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.