Importação de bens de capital ganha incentivo

A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento (Secex) anunciou nesta quinta-feira medidas para facilitar a importação de bens de capital, com o objetivo de ampliar investimentos na modernização e ampliação da indústria. Este setor é considerado prioritário na nova política industrial, divulgada quarta-feira. Segundo o secretário de Comércio Exterior, Ivan Ramalho, no início da semana serão liberados da licença prévia de importação cerca de 1,6 mil produtos.Os importadores, que antes tinham de esperar até 60 dias para trazer os equipamentos, agora poderão realizar os embarques na hora em que desejarem. "São, na sua maioria, máquinas e equipamentos não produzidos no Brasil e indispensáveis para o crescimento industrial", disse Ramalho. Segundo o secretário, apenas produtos com impedimentos legais, como os voltados para uso bélico, na área de saúde ou radioativos, continuam necessitando de licença prévia de importação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.