Importação de bens de capital indica retomada de investimento

O secretário de Comércio Exterior, Ivan Ramalho, afirmou hoje que o aumento de 13,2% nas importações de bens de capital em abril, comparado com igual mês de 2003, indica a tendência de retomada de investimentos produtivos no Brasil. Essas importações (bens de capital) somaram US$ 951 milhões no período.Em abril, as demais categorias de produtos importados igualmente apresentaram aumento. As compras externas de matérias-primas e bens intermediários cresceram 19,6%, as de bens de consumo não duráveis aumentaram 9,1% e as de bens duráveis 24,5%, apesar da queda de 32,7% em um de seus principais itens, os automóveis.As importações de combustíveis e lubrificantes aumentaram 9,3% na mesma comparação. Durante entrevista à imprensa, Ramalho chamou atenção para o crescimento de 58,5% nas importações provenientes da China no período de janeiro a abril deste ano, em comparação com igual período de 2003. Essas compras somaram US$ 908 milhões e tiveram como principais itens produtos eletroeletrônicos, bens de capital, produtos químicos orgânicos, instrumentos de ótica e precisão e filamentos sintéticos ou artificiais. As exportações brasileiras para a China, no mesmo período, foram de US$ 1,567 bilhão, o que sinaliza um superávit para o Brasil de US$ 659 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.