carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Importação de soja pela China poderá crescer 25% no 1o semestre

A China, principal comprador mundial de soja, importará cerca de 29 milhões de toneladas da oleaginosa no primeiro semestre do ano, um quarto a mais que no mesmo período do ano passado, devido à forte demanda dos produtores de ração animal, disse um centro de informação oficial.

REUTERS

21 de março de 2012 | 16h16

As importações ficariam levemente acima da metade das 55 milhões de toneladas de soja que a China importaria este ano.

No mês passado, uma delegação chinesa de comércio fechou acordo para compra de um recorde de 13,4 milhões de toneladas de soja dos Estados Unidos.

As processadoras chinesas compraram soja suficiente para manter a oferta até junho, e agora buscam carregamentos para entre julho e outubro, disse o Centro Nacional de Informação de Grãos e Oleaginosas da China (CNGOIC) em informe publicado em seu site (www.grain.gov.cn).

O informe disse que é provável que as processadoras carreguem 4,7 milhões de toneladas em março, 6 milhões de toneladas em abril e 5,5 milhões de toneladas em maio.

A China importa dos Estados Unidos, Brasil e Argentina.

Operadores disseram que a alta dos preços locais da farelo de soja deu às processadoras boas margens de lucros. Os preços do farelo subiram mais de 10 por cento este ano, devido a uma demanda mais alta dos criadores de suínos.

Nos Estados Unidos, os futuros referenciais da soja para maio subiram quase 13 por cento até agora no ano, revertendo a queda de 14 por cento do ano passado, principalmente devido ao apetite chinês pela oleaginosa e pela seca na América do Sul, que reduziu a oferta.

As importações chinesas de soja poderiam subir em junho a máxima histórica de quase 7 milhões de toneladas, disse Li Jianlei, analista da COFCO Futures, citando em site da indústria.

Como indício da demanda do próximo ano, o CNGOIC disse que as processadoras chinesas também reservaram carregamentos de soja de até 1,5 milhão de toneladas da América do Sul, para embarque entre março e maio de 2013.

(Reportagem de Niu Shuping e Ken Wills)

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSSOJACHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.