Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Importações crescem 62% no começo do mês

As importações brasileiras apresentaram, nas duas primeiras semanas de junho, um crescimento de 62% em relação à média diária registrada no mesmo mês do ano passado. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, as importações foram puxadas no período pelas compras, sobretudo, de adubos e fertilizantes (141,1%), siderúrgicos (106,1%), combustíveis e lubrificantes (88,9%), veículos automóveis e autopeças (56,2%), equipamentos elétricos e eletrônicos (50,1%), equipamentos mecânicos (50,0%) e produtos químicos (49,8%).Em relação à média diária registrada em maio deste ano, as importações nas duas primeiras semanas de junho caíram 1,1%, em função de redução nos desembarques de combustíveis e lubrificantes (9,9%) e veículos automóveis e autopeças (5,9%). No acumulado do ano, as importações já somaram US$ 70,931 bilhões, com uma média diária de US$ 633,3 milhões, um acréscimo de 51% sobre o mesmo período de 2007.Os dados divulgados hoje mostraram também que as importações na segunda semana de junho apresentaram um decréscimo de 21% em relação à primeira semana do mês. A queda refletiu desembarques menores de combustíveis e lubrificantes, aparelhos eletroeletrônicos, equipamentos mecânicos e siderúrgicos.ExportaçõesA média das exportações brasileiras nas duas primeiras semanas do mês apresentou um crescimento de 32,4% em relação à media diária de junho do ano passado. O aumento foi puxado, principalmente, pelas vendas externas de produtos básicos, que registraram um crescimento de 64%. Os destaques nas duas primeiras semanas foram as vendas de petróleo em bruto, soja em grão, farelo de soja, minério de ferro, carne de frango, fumo em folhas e carne bovina. As exportações de produtos semimanufaturados apresentaram, no período, um crescimento de 25,4%, e as de manufaturados, um aumento de 14,3%. Em relação a maio deste ano, as exportações nas duas primeiras semanas de junho apresentaram uma queda de 10%. Da primeira para a segunda semana de junho, caíram 10,8%. Nesse período, houve retração de 13,3% nas vendas de produtos básicos e de 11,5% nas exportações de manufaturados. Por outro lado, os embarques de bens semimanufaturados apresentaram, no período, alta de 6%.

ADRIANA FERNANDES, Agencia Estado

16 de junho de 2008 | 16h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.