Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Importações de soja pela China caem 19,3% em agosto ante julho

O Brasil, que colheu uma safra recorde este ano, dominou os embarques para o país asiático

REUTERS

08 de setembro de 2014 | 12h35

A China, maior compradora de soja do mundo, importou 6,03 milhões de toneladas da oleaginosa em agosto, queda de 19,3 por cento na comparação com as 7,47 milhões de julho, mostraram dados preliminares da administração geral da alfândega chinesa.

As importações também caíram na comparação com o mesmo período do ano passado, ficando 5,03 por cento abaixo.

No acumulado do ano, entretanto, as importações chinesas cresceram 16,2 por cento, para 47,7 milhões de toneladas.

O Brasil, que colheu uma safra recorde de soja neste ano, dominou os embarques para a China nos primeiros sete meses do ano

Tudo o que sabemos sobre:
COMMODSSOJACHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.