carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Importações fortes têm reduzido superávit comercial

No acumulado do ano, a queda no superávit é ainda mais intensa por causa do baixo resultado de janeiro

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

18 de fevereiro de 2008 | 16h06

Assim como em janeiro, as importações em fevereiro registram um ritmo muito mais forte do que as exportações, o que tem puxado o superávit da balança comercial para baixo. Pela média diária, o saldo comercial de fevereiro já é 27,1% menor que o registrado em fevereiro de 2007. No acumulado do ano, a queda no superávit é ainda mais intensa por causa do baixo resultado de janeiro: 48,6% pela média diária e 53,1% em valores globais na comparação com o mesmo período do ano passado. Contudo, o resultado da balança comercial pode melhorar nos próximos meses. Isso porque o valor das exportações de minério de ferro vai aumentar 65% depois do acordo feito pela Companhia Vale do Rio Doce e as siderúrgicas japonesas. De acordo com a previsão do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, as exportações devem ficar acima da previsão anterior, em US$ 200 milhões. "Ainda não dá para anunciar de quanto será a revisão, mas em duas semanas deveremos ter esse dado pronto", afirmou o ministro. Jorge disse que a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) deve começar a refazer hoje mesmo os cálculos para a balança de 2008, até porque, disse o ministro, "eu vou começar a cobrar logo". O ministro, no entanto, fez uma ressalta. "É preciso ter em mente que a alta de preços do minério de ferro implique redução nas quantidades importadas", destacou. Isso significa que pode haver aumento no valor exportado, mas uma queda no fluxo poderia anular os ganhos com preço.  Números da balança O saldo comercial acumulado em fevereiro é de US$ 1,057 bilhão e, no ano, de US$ 2,001 bilhões. As exportações totalizam US$ 6,153 bilhões até a terceira semana de fevereiro, com média diária de US$ 683,7 milhões, crescimento de 21,5%, em relação à média diária de fevereiro de 2007. Pelo lado das importações, a média diária até a 3ª semana de fevereiro de 2008, de US$ 566,2 milhões, ficou 40,9% acima da média de fevereiro de 2007 e 1% superior a janeiro que teve um ritmo forte (US$ 560,6 milhões). As importações acumulam US$ 5,096 bilhões este mês.

Tudo o que sabemos sobre:
Balança comercialMiguel Jorge

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.