coluna

Fernanda Camargo: O insustentável custo de investir desconhecendo fatores ambientais

Importados são 12,7% dos carros vendidos no País

Os veículos importados responderam por 12,7% das vendas do setor automotivo no mercado interno nos primeiros dois meses de 2008. Em fevereiro, a participação dos importados foi de 11,4%, o que representa uma redução em relação ao registrado em janeiro, de 13,9%. De acordo com o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Jackson Schneider, a redução da participação dos importados nas vendas totais pode ser uma resposta ao aumento da produção local.O executivo reiterou que a indústria vai investir US$ 4,9 bilhões no Brasil neste ano - a maior parte para o aumento da capacidade. Segundo levantamento feito pela entidade, a indústria local expandirá em 350 mil unidades sua capacidade em 2008 e em 150 mil unidades em 2009, elevando-a para 4 milhões de unidades.A previsão da Anfavea é de que 385 mil veículos sejam importados pelas montadoras neste ano, o que representa um crescimento de 43,6% em relação ao registrado no ano anterior. "Não posso dizer ao certo qual o ponto de equilíbrio entre as importações e exportações, mas o setor é superavitário e por isso não estamos preocupados com esse nível de importação", disse.A estimativa da Anfavea é de que 747 mil veículos sejam exportados neste ano, o que representa uma queda de 5,1% em relação ao ano anterior. A entidade estima ainda que, financeiramente, as vendas externas deverão ficar estáveis em US$ 13,2 bilhões.No primeiro bimestre do ano, no entanto, as vendas externas de veículos cresceram 18,4%, para US$ 2,08 bilhões. Schneider explica que o aumento deve-se a uma melhoria do mix, com a exportação de produtos de maior valor agregado. Ele destaca que em volume houve uma queda de 4,5%, para 109.802 unidades.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.