Imposto responde por até 56,99% do preço de presente das mães

Levantamento divulgado nesta quinta-feira pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) mostra que os produtos adquiridos pelos consumidores para presentear as mães no segundo domingo de maio concentram uma quantidade expressiva de impostos. De acordo com a pesquisa, o forno microondas é o campeão de tributos inseridos entre presentes e lembranças comprados para o Dia das Mães, com 56,99% do valor do produto somente em impostos. Entre as participações mais expressivas no valor dos produtos, o estudo do IBPT destaca ainda as verificadas nos aparelhos de videocassete, DVDs e nos CDs (discos). Enquanto os dois primeiros têm, respectivamente, 52,06% e 51,59% de tributos, o terceiro item aparece com 47,25%, número superior ao verificado nos preços de refrigeradores (47,06%), liquidificadores (43,64%), automóveis com mais de mil cilindradas (43,63%), aparelhos de telefone celulares (41%), fogão de quatro bocas (39,50%), automóveis 1.0 (39,29%), computador (38%) e aparelhos de som e TV (38%), entre outros. No grupo Vestuário e de artigos de Cama, Mesa e Banho, o IBPT menciona também a forte participação de impostos nas roupas (37,84%), lençol (37,51%), cobertor (37,42%), toalha de banho (36,33%), travesseiro (36%). Fora deste grupo, mereceram também destaque do instituto os livros, com 23,75% do preço representado por impostos.

Agencia Estado,

05 Maio 2005 | 15h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.