Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Impulsionada pelo PIB positivo dos EUA, Bovespa opera em alta

Após uma sessão de forte queda nesta última quarta, Bolsa de São Paulo retoma o patamar dos 62 mil pontos

Sueli Campo, da Agência Estado,

29 de outubro de 2009 | 12h36

A Bovespa opera em clima de recuperação, após o PIB nos EUA ter surpreendido levemente para cima, registrando crescimento de 3,5% da economia no terceiro trimestre. Além de estar sob o efeito dos dados positivos norte-americanos, a Bovespa também se ajusta ao balanço da Vale e opera na sessão desta quinta-feira com uma expressiva alta 3,59%, aos 62.321 pontos, às 12h33.

 

Depois do tombo desta última quarta-feira do Ibovespa, de 4,75%, que derrubou o índice à vista para 60.162 pontos, aniquilando os ganhos do mês, a Bovespa passou a acumular perda de 2,20% no período. Mas os investidores, que promoveram um forte movimento de realização de lucros, receberam bem os dados da economia norte-americana e o balanço da Vale nesta quinta-feira.

 

A companhia registrou lucro líquido de US$ 1,677 bilhão no terceiro trimestre, uma queda de 65,2% em comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação ao segundo trimestre houve uma melhora no resultado. O lucro líquido cresceu 112,3% em comparação com os US$ 790 milhões do trimestre anterior.

 

Bolsas no exterior

 

E o efeito positivo do crescimento da economia dos Estados Unidos no terceiro trimestre se espalhou rapidamente pelo mercado financeiro internacional. Em Wall Street, às 12h30 (horário de Brasília), o índice Dow Jones opera em alta de 0,68%; Nasdaq sobe 1,13%; e S&P-500 valoriza 1,02%.

 

Na Europa, no mesmo horário, a bolsa de Londres sobe 0,54%; Paris tem alta de 1,29%; e Frankfurt tem valorização de 1,17%.

 

No mercado financeiro asiático, a desvalorização das commodities e do petróleo pesaram e as bolsas do continente acumularam quedas. Em Pequim, a bolsa caiu 2,28%, enquanto que Tóquio recuou 1,83%.

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespabolsamercado financeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.