Inacabado, terminal de Cumbica vai operar

Para diminuir o caos antes das festas de fim de ano, o terminal remoto de passageiros do aeroporto de Guarulhos entrará em funcionamento entre os dias 15 e 20 de dezembro, antes de estar totalmente concluído. "Vai faltar um detalhe ou outro, mas a obra estará pronta", disse o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wagner Bittencourt.

BRASÍLIA , O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2011 | 03h05

Atualmente, 83% dos trabalhos estão prontos. A nova área vai aumentar a capacidade de atendimento em 5,5 milhões de passageiros por ano.

Além do terminal inacabado, o balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) apresentou como resultado da área aeroportuária a conclusão de quatro módulos operacionais provisórios, os chamados "puxadinhos". Eles estão em Goiânia, Vitória, Guarulhos e Campinas.

Outros três módulos estão em construção: Cuiabá, Porto Alegre e Brasília, este com apenas 17% de execução concluída. A previsão de entrega dessas obras era, respectivamente, 18 de novembro, 21 de novembro e 30 novembro. Apesar do atraso, o empreendimento recebeu o carimbo verde de ritmo "adequado".

Questionado sobre as soluções improvisadas, Bittencourt sorriu. "Pergunte aos usuários o que eles acham, garanto que estão satisfeitos." Outro resultado apresentado foi a concessão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN). O ministro evitou, porém, comprometer-se com uma data para a realização dos leilões de concessão dos aeroportos de Viracopos, Guarulhos e Brasília, os próximos da fila. Embora previstos para 22 de dezembro, a tendência é que eles atrasem, pois os editais com as regras da licitação ainda estão em exame no Tribunal de Contas da União (TCU). / L.A.O.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.