Inadimplência atinge resultado de bancos

O Banco do Espírito Santo SA (BES) é o terceiro banco português a divulgar alta contínua na carga de empréstimos ruins no primeiro semestre. O BES, maior do país em capitalização de mercado, disse que cobranças de créditos inadimplentes cresceram para 352 milhões, de 305,4 milhões, o que representa uma alta 15% no período.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.