Inadimplência: como limpar seu nome

Nome sujo. Está é a definição popular para as pessoas que ficam inadimplentes. Quem deixa de pagar seus compromissos está relacionado nas chamadas listas de devedores em atraso das lojas e instituições financeiras, ou no cadastro de emitentes de cheques sem fundo, do Banco Central. O nome do inadimplente fica cinco anos nestas listas, de forma que durante este período, salvo se pagar a dívida, a pessoa vai ter sérios problemas para obter crédito.Vale a pena destacar que ninguém pode ter seu nome incluído nestas listas sem ser previamente avisado. O Código de Defesa do Consumidor, artigo 43, parágrafo 3.º, determina que a pessoa seja informada por escrito que seu nome será lançado na lista de devedores em atraso. Se a regra não for respeitada, o consumidor poderá reclamar seus direitos, inclusive perdas e danos patrimoniais e morais, nos órgãos de defesa do consumidor ou na Justiça.Veja como limpar o seu nomePara limpar seu nome, ou seja, tirar o nome das listas, cada instituição tem uma série de procedimentos. Em primeiro lugar é preciso verificar o motivo que gerou o cadastro, se é título de dívida protestado ou emissão de cheque sem fundo. Quando um título é protestado em cartório, a informação é enviada às entidades de classe, como Associação Comercial de São Paulo, que tem o Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), e da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), e o nome do devedor vai para as listas de devedores.Ao descobrir a origem do protesto, é preciso saber todos os documentos necessários para limpar o nome. Existem empresas especializadas em retirar o registro das listas, mas normalmente cobram caro e nem sempre garantem a resolução do problema. O melhor é providenciar a documentação e realizar o serviço sozinho. A Serasa tem orientação completa em seu site (veja no link abaixo) para quem está com cheque sem fundo no mercado, título protestado, anotação de ação judicial e anotação de dívida vencida. No caso de títulos protestados, o devedor somente pode cancelar o protesto se pagar o débito. Limpar o nome no cartório é simples. Basta ir até o local que aceitou o protesto e apresentar documento que comprove o pagamento. Cabe ao devedor pagar os custos envolvidos para cancelar o protesto, mas são valores bastante aceitáveis. O cartório avisará aos serviços de proteção, como SCPC e Serasa, para retirar o nome das listas de devedores. Confira nos links abaixo as principais dicas para retirar seu nome da lista de devedores e outras informações sobre os serviços de crédito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.