Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Inadimplência das empresas sobe 3,3% em 2016

Queda na concessão de crédito fez com que o crescimento fosse menor do que nos anos anteriores

Eduardo Laguna, O Estado de S.Paulo

16 de janeiro de 2017 | 16h38

SÃO PAULO - No terceiro ano seguido de alta, a inadimplência das empresas brasileiras subiu 3,3% em 2016, conforme balanço da Boa Vista, empresa que presta serviço de proteção ao crédito. 

Apesar do resultado negativo, o índice de calotes, que começou 2016 marcando alta de 9,6% em 12 meses no primeiro trimestre, perdeu ritmo no restante do ano, influenciado, em parte, pela queda nas concessões de crédito.

A expectativa da Boa Vista é de manutenção dos baixos níveis de inadimplência nos próximos trimestres, dada a perspectiva de retomada da atividade econômica e como consequência da diminuição dos juros, fatores que, em conjunto, reduzem o custo da dívida e fortalecem o caixa das empresas.

A empresa calcula o indicador com base nos registros de cheques devolvidos, títulos protestados e apontamentos feitos em seu sistema de proteção ao crédito. Em 2014, a inadimplência avançou 4,4% e em 2015, 8,9%.

Só no último trimestre do ano passado, a inadimplência das companhias caiu 2,4% na comparação com o terceiro trimestre, em conta que desconta efeitos sazonais. Frente ao mesmo trimestre de 2015, a queda foi de 2,1%.

Tudo o que sabemos sobre:
SÃO PAULOBoa Vista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.