finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Inadimplência de empresas tem menor alta do ano em outubro

Volta gradual do crédito, com juros mais baixos, e melhora das finanças da pessoa física impulsionam resultado

estadao.com.br,

23 de novembro de 2009 | 09h25

A inadimplência das pessoas jurídicas apresentou em outubro crescimento de 4,3% na comparação com o mesmo mês de 2008 - a menor elevação no ano ante igual mês de 2008. Na variação com setembro último, contudo, a inadimplência das empresas apresentou uma ligeira elevação de 0,8%. Já na relação entre os acumulados de janeiro e outubro de 2009 e 2008, a alta foi de 24,3%. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira, 23, e integram o Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas.

 

Veja também:

link Inadimplência com cheques é a menor em 13 meses, diz Serasa

 

A perda de fôlego da inadimplência das pessoas jurídicas, que vem sendo notada desde junho, foi motivada pelo melhor quadro da inadimplência das pessoas físicas e a volta gradual do crédito, com juros mais baixos, segundo a Serasa.

 

As empresas exportadoras, no entanto, ainda encontram dificuldades financeiras devido à valorização do real ante outras moedas e à queda da demanda externa, em virtude da recessão e do baixo crescimento nas grandes economias, destaca o estudo.

 

Para o final de 2009, a expectativa dos técnicos é de continuidade do decréscimo na inadimplência das empresas, em decorrência da economia mais aquecida.

 

O ranking de representatividade das dívidas das empresas, no período de janeiro a outubro de 2009, foi liderado pelos títulos protestados, com 41,6% de participação. Nos dez primeiros meses de 2008, esta participação foi de 41,8%.

 

Em segundo lugar, com 38,8% de representação, estão os cheques sem fundos. Em igual acumulado do ano anterior, os cheques devolvidos representaram 39,0% da inadimplência das pessoas jurídicas. Já as dívidas com bancos tiveram participação de 19,6% no indicador, nos dez primeiros meses de 2009. Em 2008, de janeiro a outubro, tais pendências registraram 19,2% de representação.

Tudo o que sabemos sobre:
inadimplênciaSerasaempresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.