Inadimplência diminui 11,28%, mas ainda é alta

O número de consumidores inadimplentes caiu 11,28% em maio, ante abril, segundo dados divulgados ontem pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo SPC Brasil. O levantamento tem base nos registros do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). Segundo o presidente da CNDL, Roque Pelizzaro Júnior, a queda decorre da recuperação do emprego e da melhora na massa salarial real, o que permitiu o pagamento das contas em dia. O resultado do ano ainda é ruim. De janeiro a maio, a inadimplência aumentou 11,45% em relação ao mesmo período de 2008.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.