Inadimplência do consumidor cresce 3,8%, diz Boa Vista

Resultado de julho mostra desaceleração do ritmo de queda dos registros de calote

Agência Estado

12 de agosto de 2013 | 12h29

A inadimplência do consumidor subiu 3,8% em julho ante junho, já descontados os efeitos sazonais, informou nesta segunda-feira, 12, a Boa Vista Serviços, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC). O resultado do mês, segundo a instituição, mostra uma desaceleração do ritmo de queda dos registros da inadimplência.

No acumulado do ano até julho, ante igual período de 2012, houve uma diminuição de 1,3% no registro de inadimplentes. Já no acumulado em 12 meses até julho deste ano contra igual período até julho de 2012, o recuo foi de 0,4%.

"Mesmo com a recente reversão da política monetária, a Boa Vista Serviços avalia que demais fatores, principalmente a manutenção das boas perspectivas do mercado de trabalho e a melhoria da qualidade de crédito concedido, devem continuar contribuindo para manutenção de um patamar baixo do indicador, fechando o ano com números levemente inferiores aos de 2012", avalia a Boa Vista Serviços.

O valor médio das dívidas incluídas em julho foi de R$ 1.257 - 11,26% menor do que em junho, após ajustes de sazonalidade e inflação.

Em julho ante junho, a inadimplência cresceu em todas as regiões, com destaque para Norte (9,7%) e Sul (6,5%). A menor expansão veio do sudeste (1,7%).

Tudo o que sabemos sobre:
inadimplencia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.