Incertezas favorecem aplicação em fundos DI

O sócio-gerente da BankBoston Asset Management, Márcio Verri, avalia que, diante de um cenário de muitas incertezas e taxas de juros extremamente elevadas, a melhor opção para o investidor é direcionar recursos para os fundos referenciados DI. O diretor da BNL Asset Management, Claudio Lellis, concorda. Segundo ele, analisando o risco dos investimentos e a perspectiva de retorno dos ativos, a recomendação da instituição aos seus clientes é que evitem aplicações mais agressivas, já que o momento é de forte oscilação e o investidor corre o risco de precisar resgatar seus recursos em um momento desfavorável, ou seja, de queda na rentabilidade.Os fundos cambiais e a compra efetiva de dólares, segundo eles, devem ser opção apenas para quem tem dívidas em moeda norte-americana. De acordo com Verri, as taxas de juros estão bastante elevadas e o investidor pode conseguir bons rendimentos sem correr o risco de aplicações com rendimento vinculado à variação do câmbio. Mas ele não descarta estas aplicações para quem tem disponibilidade de tempo e quer diversificar suas aplicações. "Mas, nestes casos, o investidor deve estar preparado para perdas, já que o dólar está em um patamar muito elevado", adverte Verri. RecomendaçõesNão deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.