Incertezas políticas dominam mercados

O cenário político dá o tom dos negócios nesta quinta-feira. O encaminhamento da sucessão presidencial e a perspectiva de uma forte queda na arrecadação em função do atraso na votação da emenda que mantém a cobrança da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) são os principais focos de atenção neste dia. Estes não são assuntos novos para os investidores, mas o fato é que seguem indefinidos, o que não permite uma reação positiva por parte dos investidores.Às 14h45, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em baixa de 2,40%. O dólar comercial está cotado a R$ 2,4550 na ponta de venda dos negócios, em alta de 0,70% em relação aos últimos negócios de ontem. No mercado de juros, os contratos de DI futuro com vencimento em janeiro de 2003, negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) pagam taxas de 19,020% ao ano, frente a 19,030% ao ano ontem.Em Nova York, o Dow Jones - Índice que mede a variação das ações mais negociadas na Bolsa de Nova York - está em queda de 0,65%, e a Nasdaq - bolsa que negocia ações de empresas de alta tecnologia e informática em Nova York - opera com baixa de 1, 64%. Na Argentina, o índice Merval da Bolsa de Valores de Buenos Aires está em queda de 1,05%.Não deixe de ver no link abaixo as dicas de investimento, com as recomendações das principais instituições financeiras, incluindo indicações de carteira para as suas aplicações, de acordo com o perfil do investidor e prazo da aplicação. Confira ainda a tabela resumo financeiro com os principais dados do mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.