Incertezas prejudicam investimentos, diz Piva

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, Horácio Lafer Piva, disse hoje que a incerteza dos agentes econômicos, em especial do setor produtivo, não garantem a realização de investimentos que se reflitam em expansão de empregos."O que esperamos do governo nesse momento é, em primeiro lugar, um aceno de que os juros continuarão caindo e de forma sustentável e, segundo, tirar a preocupação do risco de aumento da carga tributária", afirmou. Segundo o empresário, a "calibragem" da Cofins tem deixado os empresários preocupados.Piva também enfatizou a importância de o governo avançar na criação de marcos regulatórios, que afeta as decisões de investimento, principalmente no setor de infra-estrutura. "Se conseguirmos clarear o horizonte, obviamente aumentará muito a capacidade de a economia ser retomada. Se ficarmos com grandes pontos de interrogação, é claro que nada vai acontecer", ponderou.Sobre os 100 mil postos de trabalho eliminados pela indústria paulista entre os meses de outubro de 2002 e de 2003, Piva disse tratar-se de fatores estruturais e conjunturais, simultaneamente. "Se entrarmos numa fase de investimento, a indústria paulista, exatamente por ser este o Estado mais industrializado da Federação, vai certamente apresentar números muito mais robustos. As coisas precisam começar a acontecer", disse o empresário.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.