Indenização de US$ 28 bilhões derruba bolsa de Nova York

O índice Dow Jones da bolsa de Nova York caiu a mínima do dia de 7.474,58 pontos, menor nível desde novembro de 1997, pressionado pela indenização bilionária que a Philip Morris foi condenada a pagar a uma fumante de 64 anos da Califórnia, de acordo com veredito anunciado hoje. A ação da Philips Morris, que era uma das poucas que estavam em alta, caiu forte assim que foi anunciado o veredito. Depois de dois dias de deliberação, um júri de Los Angeles decidiu punir a fabricante de cigarros com o pagamento de uma indenização de US$ 28 bilhões a uma fumante que está morrendo de câncer.Às 14h22 (de Brasília), as ações da Philips Morris recuavam 4,43%. No mesmo horário, o índice Dow Jones recuava 202 pontos (2,59%), em 7.517,86 pontos; a bolsa eletrônica Nasdaq registrava queda de 23 pontos (1,99%), em 1.142,34 pontos.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2002 | 15h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.