Indenização por IPO do Facebook pode chegar a US$ 62 milhões

Soma anterior era de US$ 40 milhões, segundo a Nasdaq; queixas de corretores de que a proposta não cobriria as perdas motivaram revisão

Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

20 de julho de 2012 | 19h40

NOVA YORK - A bolsa eletrônica Nasdaq OMX tem planos de aumentar de US$ 40 milhões para US$ 62 milhões a indenização aos corretores que perderam dinheiro na oferta pública inicial (IPO) de ações da rede social Facebook, assegurou uma fonte no fim da tarde de hoje.

A mudança no plano de indenização, segundo a fonte, deveu-se a queixas de corretores de que a proposta feita pela Nasdaq no mês passado, de US$ 40 milhões, não cobriria as perdas.

Algumas estimativas sobre as perdas derivadas de problemas tecnológicos ocorridos durante o IPO, em 18 de maio, apontam para perdas de até US$ 500 milhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
FacebookNasdaqINdenizações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.