Índia quer sediar Fórum Social em 2004

A Índia quer ser a sede do Fórum Social Mundial (FSM) em janeiro de 2004. Um grupo de trabalho apresentou nesta segunda-feira a candidatura do país ao comitê brasileiro de organização do FSM. O representante indiano Vijay Pratap, identificado como facilitador do grupo, disse que há várias sugestões de cidades para abrigar o evento, mas o processo está em fase preliminar e será necessário aprofundar adiscussão interna - Nova Délhi, Bhopal, Calcutá, Bangalore e Ahmedabad são algumas interessadas. "O fórum tem vocação de expansão para o mundo todo", disse Francisco Whitaker, da Comissão Brasileira de Justiça e Paz, entidade que integra o comitê brasileiro do FSM. "Desde o primeiro FSM perseguimos a idéia de mundializar e estamos progressivamente implementando", acrescentou. O comitê internacional do FSM irá deliberar o local do encontro de 2004 - Porto Alegre será novamente sede em 2003. Até ele, contudo, há disposição em implementar fóruns regionais, explicou Whitaker. A Índia também divulgou sua disposição em organizar um encontro regional para a Ásia e África no final de 2002 ou início de 2003 e solicitou ao comitê internacional do FSM uma posição sobre as propostas até o final de sua próxima reunião, em abril de 2002. O local de encontro do comitê ainda não foi definido. Outras áreas pensam em promover reuniões regionais: países da Amazônia, do Mediterrâneo, ao norte da Itália e Leste Europeu, Oriente Médio e África. Para realizar um fórum do porte do evento de Porto Alegre é necessário um orçamento próximo a US$ 2 milhões, estimou Whitaker. A África gostaria de sediar o FSM em 2005.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.