Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Indicador de Nível de Atividade da indústria paulista cai 0,5% em março

Já o nível de utilização da capacidade instalada da indústria recuou para 81,4% no mês passado, segundo a Fiesp

Bianca Ribeiro, da Agência Estado,

26 de abril de 2012 | 11h43

O Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria paulista registrou recuo de 0,5% em março, na comparação com fevereiro, na série com ajuste sazonal, conforme divulgou a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Na comparação livre dos ajustes sazonais, a atividade cresceu 10,0% em março perante fevereiro, mas recuou 4,0% na comparação com igual mês de 2011.

No acumulado do primeiro trimestre, a indústria de transformação paulista acumulou perda de 6,1% ante igual intervalo do ano passado.

O nível de utilização da capacidade instalada (Nuci) caiu em março, ao atingir 81,4%, ante um patamar de 82,1% apurado em fevereiro. A capacidade instalada de março, em relação a fevereiro, sem ajuste sazonal, passou de 79,8% para 80,8%.

Na comparação com março de 2011, o Nuci registrou queda, ao passar de 83,5% para os atuais 81,4%. Na mesma base de comparação, mas sem ajuste sazonal, o indicador declinou de 82,4% para 80,8% em março deste ano.

Tudo o que sabemos sobre:
Fiespindústriaatividade

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.