Indicadores antecedentes dos EUA caem em agosto

Uma medida da atividade econômica futura dos Estados Unidos caiu em agosto, informou nesta quinta-feira o Conference Board, apontando para um frágil crescimento econômico nos próximos meses.

Reuters

20 de setembro de 2012 | 11h50

O Índice de Indicadores Antecedentes caiu 0,1 por cento, para 95,7, depois de avançar 0,5 por cento em julho. O resultado veio em linha com as expectativas dos economistas e reflete encomendas fracas à indústria e as percepções dos consumidores sobre as condições empresariais.

"O ritmo de crescimento não deve mudar muito nos próximos meses. A demanda doméstica fraca continua a ser um grande problema para a economia", disse um economista do Conference Board.

A economia cresceu 1,7 por cento no segundo trimestre e não há sinais de uma retomada mais forte no terceiro trimestre, com temores de que a política fiscal norte-americana em 2013 e os prolongados problemas de dívida na Europa prejudiquem a indústria e a contratação de trabalhadores.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAANTECEDENTES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.