Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Indicadores externos estão favoráveis, diz Meirelles

O presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, disse que o Brasil "começa a estar preparado para mudanças naturais no mercado internacional". Segundo Meirelles, "há muitos anos o Brasil não reunia condições tão favoráveis para ingressar em um processo tão duradouro de crescimento sustentado sem gerar, como no passado, desequilíbrios nas contas externas ou pressões inflacionárias".Em sua apresentação na Associação Comercial do Rio de Janeiro, Meirelles afirmou que todos os indicadores externos estão favoráveis, citando como exemplo o pagamento de juros ao exterior em relação às exportações, e a dívida externa em relação às exportações.Ele citou também a redução da dívida pública interna indexada ao câmbio e alongamento dos prazos de vencimento dos títulos emitidos pelo Tesouro Nacional. "Essas são medidas que reduzem a vulnerabilidade da dívida pública a choques adversos como os que ocorreram no passado."Meirelles citou também que as reservas estão hoje em um patamar ?confortável" em torno de US$ 50 bilhões, mas o governo já está olhando para 2008, quando o Brasil terá pago seus empréstimos com o FMI. No conceito de reservas líquidas, segundo o FMI (que desconta os créditos do organismo com o Brasil), ao final de janeiro as reservas atingiam US$ 21,2 bilhões.

Agencia Estado,

05 de abril de 2004 | 15h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.