Índice da Construção Civil ficou em 0,14% em setembro

O Índice Nacional da Construção Civil, calculado pelo IBGE em convênio com a Caixa Econômica Federal, teve variação de 0,14% em setembro, indicando um recuo de 0,20 ponto porcentual em relação a agosto (0,34%). Este foi o menor resultado desde janeiro de 1999 (0,04%) quando teve início a série atual do IBGE. Em relação a setembro de 2004 (0,69%), o índice atual registrou uma queda de 0,55 ponto porcentual. No acumulado no ano o índice registrou variação de 5,92% e nos últimos 12 meses, de 9,01%. Em setembro, o custo nacional por metro quadrado ficou em R$ 537,74 dos quais R$ 314,29 relativos aos materiais e R$ 223,45 à mão-de-obra. A parcela dos materiais variou 0,24%, abaixo 0,26 ponto percentual se comparado com agosto (0,50%). A mão-de-obra manteve-se praticamente estável com variação de apenas 0,01%, isto é, queda mensal de 0,10 ponto percentual, pois em agosto foi 0,11%. No ano, os materiais subiram 5,37% ficando bem abaixo da taxa de igual período de 2004 (9,58%). Para a mão-de-obra, a alta foi de 6,69% contra 5,43% de 2004. Nos últimos 12 meses foram observadas as seguintes variações: 9,56% (materiais) e 8,24% (mão-de-obra).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.