Índice de ações européias fecha estável após dados nos EUA

O principal índice de ações européiasfechou praticamente estável nesta quinta-feira, em uma sessãovolátil após dados econômicos nos Estados Unidos e uma série deresultados corporativos no continente. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300teve variação positiva de 0,05 por cento, a 1.180 pontos. Os lucros corporativos não tiveram tendência definida. Obanco britânico HBOS surpreendeu investidores com um resultadomelhor que o esperado no primeiro semestre. As ações dainstituição subiram 7,1 por cento. Já o setor de alimentos foi o principal destaque negativoapós a Unilever divulgar lucro "de baixa qualidade" no segundotrimestre, de acordo com analistas. As ações da empresa despencaram 8 por cento em Londres,derrubando as concorrentes Danone e Nestlé em 0,9 e 2,2 porcento, respectivamente. "O número de pedidos de auxílio-desemprego (nos EstadosUnidos) foi compensado pelo dado manufatureiro de Chicago epela expectativa antes do relatório de emprego de amanhã(também nos EUA)", comentou Stefan de Schutter, gerente daAlpha Trading, em Frankfurt. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de0,16 por cento, a 5.411 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,3 por cento, para 6.479pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 caiu 0,19 por cento, para 4.392pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em queda de 0,37 porcento, a 21.775 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou ganho de 0,54 porcento, a 11.881 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 0,42 porcento, para 8.496 pontos. (Reportagem de Patrizia Kokot)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.