Índice de atividade do meio-oeste dos EUA sobe 2,6% em julho

Ganho mensal do índice foi o primeiro desde junho de 2008 ; alta produção de carros colaborou com o aumento

Regina Cardeal, da Agência Estado,

24 de agosto de 2009 | 13h51

O meio-oeste dos EUA apresentou seu primeiro aumento mensal na produção durante julho por causa de um grande salto na produção de veículos, segundo dados divulgados pelo Fed de Chicago. O índice de manufatura do meio-oeste subiu 2,6% em julho para o nível sazonalmente ajustado de 79,7. Foi o primeiro ganho mensal do índice desde junho de 2008 e o mais acentuado aumento mensal desde setembro de 2003. No entanto, o índice saiu de uma mínima em 16 anos em junho, enquanto a economia tenta sair da recessão profunda.

 

O Fed de Chicago revisou em baixa seu índice de junho para 77,7, de um dado inicial de 78,1. Apenas o setor de veículos registrou ganho na produção mensal em julho, entre as quatro categorias que formam o índice geral. O setor de veículos subiu 16,3% em julho, após um aumento de 0,5% em junho. Comparado com os níveis de um ano trás, a produção de veículos no meio-oeste ainda apresenta queda de 32,4%.

 

O programa dinheiro por sucata do governo federal, que termina hoje e que concedeu estímulos para a troca de carros velhos por novos, "provavelmente teve algum impacto" no grande aumento da produção, disse William Strauss, economista do Fed de Chicago. Ele disse também que as montadoras podem estar se esforçando para recompor estoques depois de manter unidades paradas por causa da concordata de General Motors e da Chrysler.

 

O setor automobilístico depende pesadamente da produção nos cinco estados da região do Fed de Chicago (Michigan, Illinois, Indiana, Wisconsin e Iowa). O Fed de Chicago compila os dados medindo o número de horas trabalhadas. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Fedíndice de atividadeEUAmeio-oeste

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.