Índice de cheques devolvidos cresce em fevereiro

O índice de cheques devolvidos no Brasil apresentou alta em fevereiro, segundo estudo divulgado nesta terça-feira pela Telecheque. Na comparação com janeiro, o levantamento, que mede a inadimplência com cheques por meio do volume financeiro, constatou crescimento de 8,53%. Em relação a fevereiro do ano passado, a expansão foi mais significativa, de 9,79%.De acordo com a companhia de análise de crédito, a alta da inadimplência neste início de ano é reflexo, principalmente, das compras parceladas de Natal. Para o restante de 2006, a Telecheque também destacou a possibilidade de impacto de fatores remanescentes de 2005, como os aumentos nos juros e a grande oferta de crédito para o consumidor.Em fevereiro, o valor médio do cheque transacionado no varejo foi de R$ 114,29, com queda de 8,71%, em relação ao de janeiro, quando a mediada era de R$ 125,20. Na comparação com o verificado em fevereiro de 2005 - R$ 111,80 -, houve, no entanto, elevação de 2,23%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.