coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Índice de confiança do consumidor alemão sobe para 6,2

A confiança do consumidor alemão atingiu o seu nível mais alto em mais de cinco anos, uma vez que o mercado de trabalho estável e a baixa inflação ajudaram a impulsionar as perspectivas sobre renda e o apetite das pessoas por compras de itens caros, de acordo com dados da GfK.

Agencia Estado

30 de abril de 2013 | 07h21

O índice de confiança do consumidor da Alemanha, medido pelo instituto GfK, subiu pelo quarto mês consecutivo para 6,2 em maio, de 6,0 em abril. O valor de maio é o mais alto desde outubro de 2007 e superou a previsão de economistas de uma leitura de 5,9.

O emprego estável na Alemanha e as esperanças gerais de aumentos salariais levaram o subíndice de expectativas de renda para 30,8 em abril, de 29,4 em março. Enquanto que o índice de confiança do consumidor refere-se a maio, todos os subíndices referem-se ao mês atual.

Os cerca de 2.000 consumidores ouvidos pelo GfK, também disseram que eles estavam mais propensos a fazer compras maiores - o subíndice correspondente subiu para 37,6 em abril, de 36,2 em março.

Mas a avaliação sobre cenário econômico geral piorou. O subíndice de expectativas econômicas do GfK caiu para -1,5 em abril, de 0,6 em março, abaixo da sua média de longo prazo de 0. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhaconsumidorconfiança

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.